noticias em tempo real

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

SE: JOVEM É ASSASSINADO EM LAGARTO NO BAIRRO ADEMAR DE CARVALHO




Por Portal Lagartense/ com informações de Fredson Navarro e Flávio Antunes 
Davi Pereira Dantas, conhecido como Gabi, era travesti

Um homicídio foi registrado por volta das 23h30 da última quinta-feira, (27), em Lagarto. Davi Pereira Dantas, de apenas 17 anos, conhecido como Gabi, foi morto a tiros no bairro Ademar de Carvalho, Rua 1, popular "Campo da Vila".
 
Familiares disseram que Davi era de Aracaju e estava morando na cidade de Lagarto há pouco tempo. Segundo informações da polícia, Davi foi atingido por cerca de seis tiros e morreu no local.
 
Segundo a mãe de Davi, o jovem recebeu um convite de uma amiga que ela desconhece para trabalhar como faxineiro na casa de uma família em Lagarto e se mudou para trabalhar no município.
 
Ana Paula disse também que Davi era homossexual e teria conhecido um rapaz em Lagarto. “Eles se conheceram e logo foram morar juntos em um quarto em uma vila. Não conheci ele, mas fiquei sabendo que esse rapaz era muito ciumento e acredito que ele pode estar envolvido neste crime. Estamos chocados com o assassinato, meu filho era muito estudioso e não tinha desafetos, mas pode ter se envolvido com gente perigosa em Lagarto”, garante.
 
A polícia investiga e suspeita de crime relacionado com drogas.
 
 O corpo do adolescente aguarda liberação no Instituto Médico Legal de Sergipe para ser sepultado.

Ciúme pode ter motivado assassinato em Lagarto

Adolescente é assassinado em Lagarto com três tiros
Fredson Navarro e Flávio Antunes

Davi Pereira Dantas, 17 anos, foi morto na madrugada desta sexta-feira, 28, no município de Lagarto, localizado a 68Km de Aracaju. O adolescente recebeu três tiros à queima roupa na cabeça, nuca e peito. O crime ocorreu na Rua 1, Nº 89, no Conjunto Ademar de Carvalho.

De acordo com a mãe da vítima, Ana Pereira de Jesus, seu filho que morava em Aracaju, recebeu um convite de uma amiga que ela desconhece para trabalhar como faxineiro na casa de uma família em Lagarto e se mudou para trabalhar no município.

Ana Paula disse também que Davi era homossexual e teria conhecido um rapaz em Lagarto. “Eles se conheceram e logo foram morar juntos em um quarto em uma vila. Não conheci ele, mas fiquei sabendo que esse rapaz era muito ciumento e acredito que ele pode estar envolvido neste crime. Estamos chocados com o assassinato, meu filho era muito estudioso e não tinha desafetos, mas pode ter se envolvido com gente perigosa em Lagarto”, garante.

O corpo do adolescente aguarda liberação no Instituto Médico Legal de Sergipe para sepultamento.
FONTE: EMSERGIPE.COM
POSTADO POR DANIEL LIMA ÀS 12:13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário