noticias em tempo real

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

SE: PRESO SUSPEITO DE LATROCÍNIO EM ITABAIANA


Polícia Militar apreende suspeito pela prática de latrocínio em Itabaiana.
Sem DELEGADO, caso vai para Lagarto.

Em uma ação rápida e eficiente, policiais do 3.º Batalhão da Polícia Militar conseguiram localizar depois de uma hora e meia, o suspeito pelo latrocínio no calçadão da Avenida Dr. Airton Teles, em Itabaiana (SE), ocorrido às 21 horas de quinta-feira, dia 10, contra o jovem Adaílson Santos Mota, 19 anos.

Após o registro da morte do jovem e do roubo de um ciclomotor na Rua campo do Brito, ao lado do estacionamento do Estádio Presidente Médici, guarnições do 3.º BPM saíram em diligências e por volta das 22h30 encontraram o adolescente V.S.S., 17 anos, conhecido como "Pica-Pau", suspeito por atos infrancionais equivalentes a crimes de assassinato e roubo.

O menor foi abordado na BR-235, em Areia Branca, quando se deslocava para a casa de sua genitora naquele município, de posse do ciclomotor da marca Shineray, modelo XY50Q, de cor vinho, que ele havia roubado de uma jovem, momentos depois de abandonar o ciclomotor de Adaílson Santos Mota.
Após ser apreendido e encaminhado para o 3.º BPM, o suspeito negou a autoria do latrocínio e justificou que havia recebido a importância de R$ 50,00 de uma pessoa conhecida pela levar o ciclomotor e deixa-lo em Areia Branca em Posto de Combustível.
A polícia desconfia que o menor tenha trocado de roupa logo depois de ter praticado o latrocínio e o segundo roubo do ciclomotor para tentar enganar a ação dos policiais.
V.S.S. saiu do Centro de Atendimento ao Menor há de cerca de 4 meses, inclusive já estava sendo procurado sob suspeita de envolvimento a roubo de ciclomotores na cidade serrana. Ele é natural de Itabaiana, mas reside com a mãe na cidade de Areia Branca.
Infelizmente, mais uma vez a ocorrência teve que ser encaminhada para a Delegacia Plantonista da cidade de Lagarto (SE) por não haver delegado na unidade da Polícia Civil de Itabaiana.


Fonte: Gilson de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário