noticias em tempo real

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

SE: VIGILANTE É MORTO DURANTE UM ASSALTO NO CENTRO DE ARACAJU



Ivo trabalhava na loja vizinha onde houve a ocorrência e atendeu o pedido de socorro do comerciante em perigo.

Segurança morre em rua do centro comercial




O vigilante Ivo Batista Santos, de 23 anos, morreu na tarde desta quinta-feira (10) depois de ser alvejado com um tiro disparado por um dos dois assaltantes de uma joalheria da rua Santo Amaro, Centro Comercial de Aracaju. 

Ivo trabalhava na loja vizinha onde houve a ocorrência e atendeu o pedido de socorro do comerciante em perigo. Segundo testemunhas, os assaltantes chegaram em uma motocicleta, um deles armado, que desceu do veículo e anunciou o assalto. Ivo impediu a ação, trocou tiro com ele, mas foi alvejado pelas costas pelo comparsa do criminoso. Os dois fugiram na motocicleta sem levar nada da loja.
ivo batista foi atingido ao trocar tiros com dois assaltantes no Centro. Foto: Jadilson Simões.




O vigilante foi atendido ainda no local da ocorrência por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e conduzido para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). A assessoria de comunicação do hospital informou que o rapaz foi encaminhado para a Ala Vermelha em estado grave, mas faleceu por volta das 14h. 

Policiais militares que faziam a segurança das ruas do Centro conseguiram capturar Caio Victor Vieira, de 21, conhecido por “Louco”, na rua Divina Pastora. Segundo a polícia, ele foi reconhecido por testemunhas e levado para a 2ª Delegacia Metropolitana (DM), onde prestou depoimento. O outro suspeito, identificado apenas Charles, foi localizado nas imediações do Ceasa, no bairro Getúlio Vargas. Até o fechamento desta matéria ele ainda prestava depoimento na 2ª DM.



Um dos assaltantes foi preso. Caio Victor Vieira, de 21, conhecido por “Louco. Foto: Jadilson Simões.




Um veículo estacionado às margens da rua Santo Amaro foi perfurado por um dos disparos. Segundo testemunhas, ouviu-se dois estampidos depois que o vigilante e o assaltante travaram luta corporal. Os tiros em Ivo, o vigilante, teriam sido à queima roupa.



Um comentário:

  1. Gente por favor ele não trocou tiro com niguem , ele não trabalhava nem andava armado...
    e nem era de briga só se atracou com um deles pq precisou, dai atiraram pelas costas .

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário