noticias em tempo real

domingo, 13 de janeiro de 2013

CAMPEONATO SERGIPANO: RIVER VENCE O ESTANCIANO

Equipe de Carmópolis vira jogo polêmico com 3 expulsões


O atacante Leandro Kivel deixou sua marca, mas foi expulso no segundo tempo (Foto: Portal Infonet)
No jogo que abre a Taça do Governador do Estado de Sergipe, o primeiro turno do Campeonato Sergipano de 2013, o River Plate enfrentou o Estanciano em Carmópolis e levou a melhor, mas sendo obrigado a correr atrás do placar, apesar do domínio durante toda a partida.

O River Plate larga na frente na competição e assiste de camarote os jogos que completam a 1ª rodada do Campeonato Sergipano de 2013. Pelo Grupo A, o Sergipe recebe o América em Aracaju, enquanto o Boca Júnior recebe o Olimpico, em Estância. Pelo Grupo B, o Socorrense recebe o Lagartense, em casa.

O jogo

O Canarinho de Estância ia a jogo com apenas quatro reservas, fruto da crise política que se instaurou no clube e derrubou o presidente Décio Sergipano, substituído por Sidnei Araújo. Doze jogadores do time comandado por Charles Júnior que haviam sido demitidos foram reintegrados ao elenco às pressas antes da estreia, evitando um vexaminoso W.O.

O River Plate dominou a partida até os primeiros 20 minutos de jogo, mas não conseguiu criar muitas chances. Quem chegou ao gol foi o Estanciano: Marcel bateu, o goleiro Fábio não segurou e Shalom apenas empurrou para o fundo das redes, marcando o primeiro gol do Campeonato Sergipano de 2013.

Não durou muito e, logo na sequência, o goleiro Klécio falhou e o atacante Leandro Kivel aproveitou para marcar de cabeça e empatar de forma rápida o jogo para os donos da casa.

Aos 27 minutos, Marcel por pouco não coloca o Estanciano novamente na frente. O meia dominava as ações em jogo e era a principal arma do Estanciano, voltando a oferecer perigo ao River outras duas vezes no jogo antes do fim do primeiro tempo.

O segundo tempo voltou sem muitas mudanças nas equipes, mas, com um lance que seria crucial para o resto da partida. Leandro Kivel e Marcel se estranharam e trocaram agressões. Os dois foram para o chuveiro mais cedo, logo aos 3 minutos da segunda etapa. O atacante do River saiu de campo alegando que recebeu uma cotovelada.

Com menos jogadores em campo, o jogo ficou mais movimentado que a primeira etapa, com o Estanciano se resguardando – o empate já parecia de bom tamanho para a equipe – enquanto o River Plate buscava a virada para começar bem na competição.

Bebeto Oliveira foi chamado pelo técnico Dário Lourenço para dar mais movimento à partida. E deu certo. Em menos de cinco minutos, o meia criou três boas chances dando trabalho ao goleiro Klécio do Estanciano.

Mas o gol só saiu mesmo na reta final da partida. Aos 30 minutos, Claudinei cai na área e o juiz assinala pênalti, gerando muita reclamação por parte do Estanciano.

Irritados, os jogadores se recusaram a sair da grande área para impedir a cobrança do pênalti, atrasando a partida em 10 minutos e causando a expulsão do atleta Alex Franco. Não adiantou. Everton correu para a cobrança e bateu no canto, sem chances para Klécio.

Com a superioridade numérica o River Plate apenas administrou a posse de bola, enquanto o juiz dava 9 minutos de acréscimos. Aos 46, Fabio Junior que também entrou no segundo tempo recebeu na entrada da área e bateu no canto para ampliar o placar e liquidar a fatura.

No próximo domingo, às 16h, o River viaja para enfrentar o Lagartense, enquanto o Estanciano recebe o Socorrense pela 2ª rodada do torneio.
Fonte: Portal Infonet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário